São Vicente, Cabo Verde - melhores coisas grátis para fazer

10 Melhores Coisas Grátis Para Fazer no Mindelo (2024)

Quer estejas a trabalhar remotamente a partir de São Vicente ou a passar por esta capital da cultura durante umas férias nas ilhas cabo-verdianas, o Mindelo é um excelente local a visitar mesmo que em modo de poupança. Há excelentes e económicas opções de restauração, é fácil andar pela cidade a pé, e há muitas atividades a fazer todo o ano sem deixar a carteira ressentida.

Índice

A descobrir a capital cultural de Cabo Verde, com um orçamento limitado? Explora as melhores coisas grátis para fazer no Mindelo.

1. Percorrer as ruas cheias repletas de música e tradição

Melhores coisas grátis para fazer no Mindelo - descobrir a arte urbana
Arte de rua no Mindelo, São Vicente, Cabo Verde.

Que melhor forma de descobrir o Mindelo do que vaguear pelas suas ruas? Podes seguir os passos de Cesária Évora na central Rua Lisboa (oficialmente Rua Libertadores de África) e nas áreas envolventes, admirar a vibrante arquitetura dos edifícios do século XIX com influências portuguesas e britânicas, ou deslumbrares-te com a abundante arte urbana.

Dá um passeio no centro histórico ao final do dia e desfruta da música tradicional que ecoa nas ruas, bares e restaurantes, bem como nas praças como a Praça Dom Luís.

Musica no Mindelo
Música ao vivo num restaurante da Rua Lisboa.

2. Relaxar nas praças desta bela cidade cabo-verdiana

Mindelo e as suas pracas convidativas
Praça Nova e o seu quiosque

Mindelo, o coração da ilha de São Vicente, está repleto de praças onde é possível desfrutar da sombra providenciada pelas árvores. Aqui fica a oportunidade de te sentares e leres um livro, ou simplesmente descobrires a vida do bairro em toda a sua simplicidade e autenticidade.

A Praça Nova, renomeada Praça Amílcar Cabral depois da independência (apesar de “Praça Nova” continuar a ser o nome mais popular), é particularmente acolhedora com as suas árvores gigantes e inúmeros bancos.

Esta é uma praça particularmente ativa. Seja dia ou noite, é sempre possível encontrar pessoas locais por aqui: grupos de veteranos organizam reconstituições, jovens raparigas ensaiam coreografias, crianças pequenas brincam sob o olhar da sua família, e até matilhas de cães irão exigir a tua atenção.

3. Mergulhar na Azáfama do Mercado Municipal

O edifício colonial que alberga o Mercado Municipal de Mindelo, um mercado interior, segue um modelo de arquitetura português e encontra-se sempre fresco devido a um engenhoso sistema de ventilação. A partir da galeria, é possível desfrutar de uma vista aérea sobre as bancas.

Mergulhar na Azáfama do Mercado Municipal
Mercado municipal interior.

Aqui encontrarás todo o tipo de produtos e alimentos locais, nomeadamente frutas e vegetais da época, tais como ervas e especiarias, porco salgado, tabaco (enrolado em forma de serpente), chapéus de palha, jogos africanos como o awalé, e muitos outros tesouros.

Com o mercado do peixe a dois passos de distância, é tentador passar por lá, nem que seja para verificar se a vivacidade das mulheres do mercado municipal se equipara à das mulheres do mercado municipal.

4. Desfrutar da Praia da Laginha

Laginha, Mindelo, São Vicente

Por vezes, é excelente repousar, olhar para o oceano e simplesmente desfrutar dos raios solares. A Laginha é, sem dúvida, a praia mais popular e agradável da ilha de São Vicente, quer queiras nadar ou simplesmente relaxar.

Fica localizada junto do centro da cidade e a ausência de corrente torna-a a área perfeita para nadar. Aqui, podes desfrutar da vista para a pequena ilha do Djeu, contemplar a ilha de Santo Antão ao fundo, ou ainda o Monte Cara (basta olhares para ele para compreenderes de onde vem o nome).

Identificar o Monte Cara durante a tua viagem ao Mindelo.

5. Fazer snorkeling para descobrir a população marítima

Sem necessidade de tours organizadas, poderás fazer snorkeling por tua própria conta a partir da Laginha ou de qualquer outras das praias da ilha de São Vicente (Baía das Gatas, São Pedro, Praia Grande, etc..)

Apenas precisas do teu próprio equipamento e de um pouco de experiência para começar a descobrir inúmeras espécies sub-aquáticas. Algumas baías são bastante agitadas, por isso recomendamos bastante cuidado no mar.

Fazer snorkeling - melhores coisas grátis para fazer no Mindelo
Enseada d’coral Laginha. Crédito da imagem: Trilha EC Laginha

Além disso, todos os domingos de manhã, é organizado na praia da Laginha um percurso subaquático gratuito, uma das melhores coisas grátis para fazer no Mindelo. A Trilha Subaquática Enseada de Coral é um trilho de 350 metros com 16 painéis subaquáticos, cada um deles com informação educacional acerca da vida marinha.

Para lá dos painéis, poderás encontrar várias espécies nativas de peixes, moluscos e corais. Neste trilho, o equipamento ser-te-á emprestado: uma máscara, tubo, barbatanas e, se quiseres, até mesmo um fato de mergulho.

Com um pouco de sorte, talvez até possas vir a conhecer uma tartaruga!

6. Explorar o Centro Cultural do Mindelo

Explorar o Centro Cultural do Mindelo
O Centro Cultural do Mindelo respira cultura – da sua livraria às exposições.

No interior deste antigo edifício alfandegário, é bem possível que te depares com uma performance. De ensaios de música, do teatro ao yoga, passando pelos coros e pelas artes visuais, muitos espectáculos decorrem ou ensaiam à porta aberta.

As divisões estão repletas de arte e albergam diversos ciclos de exposições e, pontualmente, é também exibida a coleção da casa. Um piano de cauda está disponível para quem queira partilhar a sua música: a alma Kriola de Cabo Verde.

O Centro Cultural do Mindelo também tem uma livraria, uma loja de artesanato e um pátio agradável para quem gosta de desfrutar do tempo ameno e da prazerosa rotina do principal centro cultural da cidade.

7. Voluntariar em São Vicente

Ajudar os cães e gatos locais

Poderás passar meio dia com a Simabo e dar passeios com os cães do abrigo, enquanto o dedicado e amistoso staff os alimenta, limpa os canis e lhes dá toda a medicação de que possam precisar. Dá aos cães (e aos gatos) todo o teu amor e carinho, fala com eles e irão retribuir-te de forma efusiva!

coisas grátis para fazer no mindelo - voluntariado
O amor está no ar com os cães da Simabo.

Ajudar na preservação das espécies marinhas locais

Guiar as tartarugas até à segurança

Sabias que apenas 1 em cada 1000 tartarugas chega à vida adulta? Podes passar uma noite na praia com a Biosfera (entre outras associações) e ajudar na vigilância durante o período de nidificação das tartarugas. Tal irá dar aos ovos e às tartarugas bebés algumas hipóteses adicionais de não serem comidas por caranguejos, pássaros ou cães.

Estudar a população de tubarões

Durante a tua viagem, poderás também ter a experiência de te juntares à equipa que estuda e apanha tubarões para os identificar, fazer inventário das espécies ou mesmo descobrir outros novas. Quão empolgante é esta hipótese?

Descobrir novas especies
Tubarões em Cabo Verde. Crédito da imagem : www.biosfera1.com

Contribuir para a consciência ecológica

A Simili é outra associação da ilha de São Vicente, baseada em Salamansa. O seu objectivo é contribuir para o empoderamento de mulheres e de comunidades, bem como criar consciencialização acerca do abandono das redes de pesca e cordas e a sua contribuição para a poluição marinha. Poderás ajudar de várias formas distintas: passar meio dia com esta ONG a limpar praias ou, então, encontrá-los em diversos eventos e comprar os seus produtos.

Sustentabilidade em Cabo Verde
Do lixo à criação de novos tecidos – a limpeza da praia cabo-verdiana. Crédito da imagem : Simili

8. Aprender a dançar Kizomba

O Kizomba nasceu em Ângola e tem vindo a influenciar a tradição musical de Cabo Verde. Aliás, o Kizomba cabo-verdiano e Zouk são dançados nas muitas discotecas e bares de São Vicente. Sabias que a música ao vivo e a dança são elementos essenciais da cultura de Cabo Verde? Grande parte da população cabo-verdiana dança, canta ou toca um instrumento musical.

Gostarias de aprender esta dança ou juntares-te a bailarinos e bailarinas profissionais na próxima festa? Todos os domingos pelas 8h30, perto do Parque Nhô Roque (junto ao restaurante Nautilus), poderás participar numa aula de Kizomba ao ar livre.

9. Exercitar na praia

A sempre movimentada praia do Mindelo (Laginha) funciona quase como campo de treino: não só os e as entusiastas de mergulho praticam os 500 metros, mas também serve em parte como ginásio multidesportivo ao ar livre. Algumas pessoas escolhem este local para jogar futebol, e madrugadores e madrugadoras passam por lá depois do seu passeio diário na cidade e fazem alguns exercícios de musculação.

Propomos uma experiência única: junta-te a estes pássaros madrugadores bem cedinho, absorve a atmosfera pacífica da cidade ainda adormecida do Mindelo, enche-te de bom humor na sua companhia e saboreia uma omelete-cachupa, o pequeno-almoço local.

10. Ver o pôr do sol a partir de vários pontos da cidade

A partir da praia ou de um ponto mais elevado, o que não falta são excelentes locais para desfrutar do pôr do sol sobre a Baía do Mindelo. Nesta cidade e na ilha de São Vicente, poderás descobrir paisagens mágicas inteiramente distintas das vivenciadas durante o dia.

Melhores coisas grátis para fazer no mindelo - ver o pôr do sol a partir de vários pontos
O pôr do sol no interior também pode ser muito belo na ilha de São Vicente.

A partir da Laginha, pode-se encontrar uma certa magia ao pôr do sol: as águas quentes a partir das quais podes desfrutar do espectáculo, o sol a desaparecer por trás do Monte Cara (or entre o Monte Cara e Santo Antão, dependendo da altura do ano) e a incendiar o céu, tudo isto eleva um simples pôr do sol a um outro nível.

Escolhe um ponto para mais elevado onde estar ao final do dia, enquanto exploras a história cabo-verdiana e da cidade do Mindelo. Dois sítios saltam à vista:

  • Fortim D’El Rei: Atrás de ti a partir da Laginha, o Fortim do Mindelo foi construído em 1852 para defender a Baía de Porto Grande e o Mindelo. Hoje, sobrevive como a construção mais antiga da cidade.
Fortes Historicos Cabo Verdianos
Pôr do sol a partir de Fortim d’El , um forte histórico na cidade do Mindelo.
  • João Ribeiro: À direita a partir da Laginha, com os seus canhões antigos a apontar para o mar, esta construção do século XIX serve como testemunho da presença de um dos fortes mais ancestrais da cidade.

 

Fica durante algum tempo depois do pôr-do-sol, à medida que escurece, e testemunha as luzes sobre o porto do Mindelo a iluminar toda a cidade. Talvez possas até ver uma estrela cadente e desejar outro dia excelente em Cabo Verde.

Sumário

O que não falta são coisas grátis para fazer no Mindelo, experiências suficientes para te entreteres durante dias a fio. De vivenciar as praças animadas a entrar em contacto com artistas locais, a capital cultural de Cabo Verde garante programas a custo zero para todo o tipo de públicos – quer queiras fazer snorkeling, visitar galerias ou desfrutar dos quase infinitos pores do sol luminosos.

Facebook
Twitter
LinkedIn
Pinterest
CaboWork

CaboWork

Quer saber mais sobre as últimas dicas de trabalho à distância? Siga as nossas páginas nas redes sociais:

Inscreva-se

Mantenha-se actualizado com as nossas últimas notícias e blog e não perca nenhuma actualização

Ainda não se fartou?

Aqui encontrará mais informações e dicas úteis!